Publicação
Após a ratificação do Acordo de Paris por mais de 55 países, em um total que ultrapassa 55% das emissões globais de Gases de Efeito Estufa (GEE), entrou em vigor, em novembro de 2016, um relevante instrumento da Convenção da ONU sobre Mudança do Clima que permite aos países concordantes com o documento começar a cumprir as metas declaradas no âmbito da histórica 21.ª Conferência das Partes sobre Mudança do Clima (COP 21), realizada na França em 2015. 
As nações participantes já estavam cientes de que precisarão dedicar esforços à regulamentação, para colocar em prática mudan-ças e fazer com que as metas definidas sejam de fato atingidas. Em setembro de 2016, o governo brasileiro, por exemplo, depositou o instrumento de ratificação do Acordo. Com o referido depósito, a Contribuição Nacionalmente Determinada (NDC) deixou de ser “pretendida” no País, que se comprometeu a reduzir suas emissões de GEE em 37% até 2025, com uma contribuição indicativa de redução de 43% até 2030, ambas tendo como referência o ano de 2005. 
Adriano Santhiago de Oliveira, diretor do Departamento de Mudanças Climáticas do Ministério do Meio Ambiente (MMA), participou da 22.ª Conferência das Partes sobre Mudança do Clima (COP 22), realizada em Marrakech (Marrocos) em novembro último, e faz um balanço positivo sobre as discussões que marcaram o evento. “A COP 22 foi a primeira conferência realizada depois de adotado o Acordo de Paris.
Anexos

Clique aqui para fazer o download do arquivo

PDF | 646 Kb

 

Caroline Martin
Especial para Revista O Papel
tel. (11) 38742725
Esta publicação fala sobre
Para procurar por publicações similares, clique
nos temas acima ou nos textos listados ao lado.
Você também pode realizar uma pesquisa
no campo superior desta página.
Você pode ainda publicar seu comentário logo abaixo, assim como mandar sua sugestão por e-mail.


Participe, deixe abaixo os seus comentários.

Ajax Indicator
Ajax Indicator

Institucional

Conheça aqui a rede de comunicação da Associação Brasileira Técnica de Celulose e Papel.

Contato

A ABTCP espera sua mensagem, seja para anunciar, enviar sugestões ou tirar dúvidas sobre nossas publicações.

O Papel | ABTCP | Todos os direitos reservados 2009