AT - APLICAÇÃO DE MANTAS RANHURADAS

Artigos Técnicos | Artigo Técnico | 26.04.2017
Publicação
Autor:  Lafaety Carneiro de Oliveira

Referências: O PAPEL vol. 78, num. 4, pp. 87 - 90  APR 2017

RESUMO

As prensas de sapata, usadas na fabricação de papel e celulose por 35 anos, já chegam a mais de mil em todo o mundo. Em suas diversas configurações, essas prensas têm promovido melhoras no desaguamento da folha, nas propriedades do papel ou da celulose, na efi ciência de máquina e nos custos de produção. Diferentes estilos de mantas têm sido aplicados nas prensas de sapata: lisas, de furos cegos, combinadas (com furos cegos e ranhuras) e ranhuradas (ra-nhuras contínuas ou descontínuas). Pioneiras, as mantas lisas eram o estilo predominante nas primeiras aplicações, pois fizeram parte do desenvolvimento da prensa de sapata. As mantas de furos cegos e ranhuradas surgiram com a necessidade de aumentar o volume vazio no nip para intensifi car o desaguamento e, assim, melhorar a performance da prensagem. As mantas ranhuradas – inicialmente aplicadas nas prensas de sapata de máquinas de papéis para imprimir e escrever nos anos 1990 – proveram o volume vazio necessário no nip e o desaguamento na direção máquina para aumentar tam-bém o desaguamento da folha, permitindo, assim, maiores velocidades de operação. No caso, porém, de papéis de gramaturas mais altas (cartão, kraft e celulose), o estilo de manta a ser aplicado ainda provoca algumas discussões, devido à saturação na entrada do nip que geralmente ocorre durante a produção desses papéis mais pesados. Na América do Sul, a utilização de mantas ranhuradas em máquinas desses tipos de papéis tem aumentado signifi cativamente: hoje em torno de 52% das máquinas têm mantas ranhuradas, o que comprova os benefícios obtidos com esse estilo em comparação aos demais. O presente artigo tem por objetivo mostrar o conceito de cada estilo de manta, aplicado atualmente nos diversos tipos de máquina, e apresentar alguns casos de sucesso com a aplicação de mantas ranhuradas em máquinas de papéis de alta gramatura, especialmente kraft e celulose. 

Palavras-chaves: prensas de sapata, mantas ranhuradas, saturação na entrada do nip

Anexos

Clique aqui para ler o Artigo Técnico

PDF | 995 Kb

 

Esta publicação fala sobre
Para procurar por publicações similares, clique
nos temas acima ou nos textos listados ao lado.
Você também pode realizar uma pesquisa
no campo superior desta página.
Você pode ainda publicar seu comentário logo abaixo, assim como mandar sua sugestão por e-mail.


Participe, deixe abaixo os seus comentários.

Ajax Indicator
Ajax Indicator

Institucional

Conheça aqui a rede de comunicação da Associação Brasileira Técnica de Celulose e Papel.

Contato

A ABTCP espera sua mensagem, seja para anunciar, enviar sugestões ou tirar dúvidas sobre nossas publicações.

O Papel | ABTCP | Todos os direitos reservados 2009