Publicação
Parada Geral da Unidade Monte Alegre da Klabin será de 20 a 31 de maio
Mais de quatro mil serviços de manutenção devem ser executadas no período de 11 dias
Paraná, 8 de maio de 2019 - A Unidade Monte Alegre da Klabin entrará em Parada Geral a partir do dia 20 de maio. O período que se estende até o dia 31 do mesmo mês será para manutenções preventivas nos equipamentos, garantindo a segurança e a continuidade operacional da fábrica. Durante os onze dias, mais de quatro mil ordens de manutenção serão executadas para atender mais de 130 projetos da unidade.
A Parada Geral é um evento previsto na NR13 (Norma Regulamentadora) para empresas que trabalham com equipamentos chamados de vasos de pressão, como caldeiras e digestores. Para a realização das atividades dentro do prazo previsto, é necessário um grande número de trabalhadores que atuam exclusivamente no setor de celulose e papel. “Nesse curto espaço de tempo serão realizadas manutenções complexas e que demandam mão de obra especializada. São trabalhos que exigem uma série de treinamentos direcionados para as atividades, por isso grande parte dessas empresas rodam o país trabalhando apenas em paradas gerais”, explica o gerente de Engenharia e Planejamento de Manutenção da Unidade Monte Alegre, Luiz Francisco Barbosa de Almeida.
Durante esse período, a comunidade pode perceber odores ou ruídos nas proximidades da fábrica. De acordo com o coordenador de Meio Ambiente da Unidade Monte Alegre, Rodrigo Teixeira, a empresa toma diversas medidas de controle para que não haja impacto negativo na saúde das pessoas, nem ao meio ambiente. “Para processos de reinício de planta, que devem acontecer no final do período de 11 dias, fizemos um planejamento para que todos os testes de segurança sejam realizados durante o dia, minimizando o impacto na comunidade”, comenta Teixeira.
Emprego e renda
A expectativa é de cerca de seis mil trabalhadores envolvidos na Parada Geral da Unidade Monte Alegre. Segundo dados da Agência do Trabalhador e empresas de recrutamento, 400 postos de trabalho foram criados temporariamente para esse período. Entre as vagas estão montador de andaime, manutentor mecânico, vigia, bombeiro civil, técnico de enfermagem e outros.
A Parada Geral gera diversos retornos financeiros para o município, com grande movimentação no comércio e na prestação de serviços. Outro benefício econômico significativo se dá na arrecadação de impostos. “Estimamos um incremento de mais de 1,3 milhão de reais devido a arrecadação de ISSQN (Imposto Sobre Serviço de Qualquer Natureza) efetuados pela Klabin, e esse valor vai direto para os cofres do município”, afirma Uilson Paiva, gerente de Relações com a Comunidade, Meio Ambiente e Certificação Florestal da Klabin.

Fonte: Klabin

 

Não há temas
Para procurar por publicações similares, clique
nos temas acima ou nos textos listados ao lado.
Você também pode realizar uma pesquisa
no campo superior desta página.
Você pode ainda publicar seu comentário logo abaixo, assim como mandar sua sugestão por e-mail.


Participe, deixe abaixo os seus comentários.

Ajax Indicator
Ajax Indicator

Institucional

Conheça aqui a rede de comunicação da Associação Brasileira Técnica de Celulose e Papel.

Contato

A ABTCP espera sua mensagem, seja para anunciar, enviar sugestões ou tirar dúvidas sobre nossas publicações.

O Papel | ABTCP | Todos os direitos reservados 2009