SUZANO ALMEJA SER PROTAGONISTA DA BIOECONOMIA

Reportagens | Reportagem de Capa | 28.01.2020
Publicação
Passado um ano da fusão entre Suzano Papel e Celulose e Fibria, a Suzano consolida-se como líder global na produção de celulose de eucalipto e posiciona-se como uma das maiores fabricantes de papéis da América Latina. O planejamento da nova companhia de captar sinergias estimadas entre R$ 800 milhões e R$ 900 milhões por ano vem se desdobrando conforme o previsto e trazendo incrementos contínuos de competitividade.“Em 2019, alcançamos 40% desse resultado, número que subirá para 90% em 2020 e 100% em 2021”, informa Walter Schalka, presidente da Suzano. As sinergias vêm sendo capturadas
principalmente nas áreas florestal, de logística internacional, SG&A (despesas
com vendas, gerais e administrativas) e suprimentos. “
Anexos

PDF | 872 Kb

 

Caroline Martin
Especial para Revista O Papel
tel. (11) 38742725
Esta publicação fala sobre
Para procurar por publicações similares, clique
nos temas acima ou nos textos listados ao lado.
Você também pode realizar uma pesquisa
no campo superior desta página.
Você pode ainda publicar seu comentário logo abaixo, assim como mandar sua sugestão por e-mail.


Participe, deixe abaixo os seus comentários.

Ajax Indicator
Ajax Indicator

Institucional

Conheça aqui a rede de comunicação da Associação Brasileira Técnica de Celulose e Papel.

Contato

A ABTCP espera sua mensagem, seja para anunciar, enviar sugestões ou tirar dúvidas sobre nossas publicações.

O Papel | ABTCP | Todos os direitos reservados 2009