PANDEMIA DO NOVO CORONAVÍRUS INTERROMPE ALTA DOS PREÇOS

Indicadores | Indicadores | 24.08.2020
Publicação
A pandemia do novo coronavírus, por não ocorrer
na mesma intensidade e implicar quarentenas de
durabilidades distintas nos diferentes países, tem causado
impactos diferenciados nos mercados de celulose, papel
e madeiras, além de prejudicar a coleta de informações sobre os
comportamentos dos preços desses produtos. Algumas fontes
de informações, como o Royal Bank of Canadá e o Governo da
British Columbia, interromperam as coletas de preços de alguns
produtos que normalmente divulgamos nesta coluna, nos forçando
a descontinuar temporariamente suas divulgações.
Pelo fato do sudeste asiático ter sido uma das primeiras regiões
a adotar quarentena, em especial no primeiro trimestre deste
ano, seus estoques de celulose foram bastante reduzidos, levando
à retomada de fortes compras de celulose nos meses de março
e abril passados, quando há expressiva alta de preços em dólar
norte-americano de celulose e de pasta de alto rendimento na
China. No entanto, nos meses de maio, junho e começo de julho deste ano há tendência de queda dos preços em dólar norte-americano desses produtos na China.
Anexos

PDF | 207 Kb

 

Carlos José Caetano Bacha
Professor Titular da ESALQ/USP
Esta publicação fala sobre
Para procurar por publicações similares, clique
nos temas acima ou nos textos listados ao lado.
Você também pode realizar uma pesquisa
no campo superior desta página.
Você pode ainda publicar seu comentário logo abaixo, assim como mandar sua sugestão por e-mail.


Participe, deixe abaixo os seus comentários.

Ajax Indicator
Ajax Indicator

Institucional

Conheça aqui a rede de comunicação da Associação Brasileira Técnica de Celulose e Papel.

Contato

A ABTCP espera sua mensagem, seja para anunciar, enviar sugestões ou tirar dúvidas sobre nossas publicações.

O Papel | ABTCP | Todos os direitos reservados 2009