Publicação
O início do mês de novembro, comparado a outubro,
está presenciando fortes elevações dos preços
em reais dos papéis de embalagem, das linhas
branca e marrom, nas vendas da grande indústria
a grandes consumidores no mercado interno brasileiro. Isto,
em parte, é fruto da alta dos preços em reais da celulose vendida
no mercado interno e também devido à maior demanda por
embalagens de papéis com a retomada da atividade econômica
no País. Ainda que a cotação em dólar da celulose vendida
no mercado doméstico esteja estável em US$ 680 por tonelada
desde o início do ano, a tendência de desvalorização do Real
frente ao dólar tem encarecido em reais a celulose consumida
pela indústria nacional de papéis. Deve-se ressaltar que a taxa
de câmbio em começo de janeiro do corrente ano foi de R$
4,05, iniciando novembro de 2020 no patamar de R$ 5,53, ou
seja, uma alta de 36,5%.
Anexos

PDF | 576 Kb

 

Esta publicação fala sobre
Para procurar por publicações similares, clique
nos temas acima ou nos textos listados ao lado.
Você também pode realizar uma pesquisa
no campo superior desta página.
Você pode ainda publicar seu comentário logo abaixo, assim como mandar sua sugestão por e-mail.


Participe, deixe abaixo os seus comentários.

Ajax Indicator
Ajax Indicator

Institucional

Conheça aqui a rede de comunicação da Associação Brasileira Técnica de Celulose e Papel.

Contato

A ABTCP espera sua mensagem, seja para anunciar, enviar sugestões ou tirar dúvidas sobre nossas publicações.

O Papel | ABTCP | Todos os direitos reservados 2009