Suzano gera caixa operacional de R$ 3 bi no 4T20

Publicação
Suzano gera caixa operacional de R$ 3 bi no 4T20
Indicador atingiu R$ 11,5 bilhões no ano


A Suzano, referência global na fabricação de bioprodutos desenvolvidos a partir do cultivo de eucalipto, divulga os resultados do quarto trimestre (4T20) e do acumulado de 2020. A geração de caixa operacional totalizou R$ 3 bilhões no 4T20 e R$ 11,5 bilhões no ano, o que representa um aumento de 63% em relação a 2019. Outro importante indicador da companhia, o EBITDA ajustado somou R$ 4 bilhões entre outubro e dezembro e R$ 15 bilhões de janeiro a dezembro, alta de 39% na comparação com o ano anterior.
O resultado de 2020 foi sustentado pelo forte volume de vendas, pelo câmbio favorável às exportações, pelo rígido controle das despesas, incluindo a resiliência no custo de produção, pela captura de sinergias e pela robusta capacidade de geração de caixa, mesmo diante dos impactos ocasionados pela pandemia de Covid-19 na economia global e no modo de viver das pessoas em todo o mundo.
“Superamos este ano, tão particular na história da humanidade, com a convicção de que estamos ainda mais fortes do que estávamos antes da pandemia. Avançamos internamente, com o fortalecimento da cultura pós-fusão, e externamente, com uma significativa queda na alavancagem financeira, entre diversas outras evoluções”, afirma o Presidente da Suzano, Walter Schalka.
A capacidade de gerar caixa, associada à disciplina no controle da dívida, fez com que a alavancagem (relação entre dívida líquida e EBITDA ajustado) caísse de 4,9 vezes para 4,3 vezes em dólar e de 5 vezes para 4,3 vezes em real, na comparação entre 2019 e 2020. 
As vendas de celulose também foram um destaque do ano. A Suzano comercializou 10,8 milhões de toneladas em 2020, 15% mais que o volume de 2019. As vendas de papel caíram 6%, para 1,2 milhão de toneladas. Com isso, as vendas totais da Suzano atingiram 12 milhões de toneladas, alta de 12% em relação a 2019, contribuindo para o aumento de 17% na receita líquida anual, que atingiu R$ 30,5 bilhões.
Na última linha do balanço, o movimento de valorização do dólar sobre o real durante o quarto trimestre contribuiu para o resultado líquido positivo de R$ 5,9 bilhões no período. No ano, o resultado líquido ficou negativo em R$ 10,7 bilhões.
“Os números mostram a resiliência da Suzano. Geramos um caixa de R$ 11,5 bilhões e conseguimos reduzir nosso endividamento em US$ 1,2 bilhão ao longo de 2020. Também reduzimos o nível de nossos estoques, que hoje se encontram no menor nível dos últimos cinco anos, avançamos com a venda de ativos não-estratégicos e capturamos R$ 1,3 bilhão  em sinergias (antes da tributação) em 2020, número superior à previsão inicial”, diz o Diretor Executivo de Finanças e Relações com Investidores da Suzano, Marcelo Bacci. 

ESG
A companhia também registrou avanços importantes em 2020 na frente ESG (Ambiental, Social e de Governança Corporativa, na sigla em inglês), tornando-a uma importante alavanca de geração de valor compartilhado. Destaque, por exemplo, para a emissão de títulos internacionais com características sustentáveis, os chamados sustainability-linked bonds, com taxas inferiores àquelas registradas em emissões realizadas em anos anteriores.
Na frente ambiental, a Suzano contribuiu em 2020 para o avanço de discussões sobre temas relevantes como a proteção da Amazônia e a substituição consciente de produtos de origem fóssil por materiais fabricados a partir de matéria-prima renovável. No âmbito social, além de todas as ações de apoio para ajudar o Brasil a enfrentar a pandemia, incluindo a doação de respiradores e a construção de um Hospital de Campanha, a Suzano avançou em projetos de geração de renda sustentável e educação nas comunidades onde atua.
A Diversidade também esteve em destaque, com o aumento de mulheres e negros em cargos de liderança, além da formalização de compromissos internacionais para promover a diversidade dentro da companhia. Avanços importantes que fazem parte do conjunto de metas de longo prazo assumidas pela Suzano no início de 2020.

Fonte Suzano

 

Esta publicação fala sobre
Para procurar por publicações similares, clique
nos temas acima ou nos textos listados ao lado.
Você também pode realizar uma pesquisa
no campo superior desta página.
Você pode ainda publicar seu comentário logo abaixo, assim como mandar sua sugestão por e-mail.


Participe, deixe abaixo os seus comentários.

Ajax Indicator
Ajax Indicator

Institucional

Conheça aqui a rede de comunicação da Associação Brasileira Técnica de Celulose e Papel.

Contato

A ABTCP espera sua mensagem, seja para anunciar, enviar sugestões ou tirar dúvidas sobre nossas publicações.

O Papel | ABTCP | Todos os direitos reservados 2009