INDÚSTRIA DE C&P FECHA ANO DE GARGALOS DA PANDEMIA

Reportagem Especial | Reportagem de Capa | 24.03.2021
Publicação
Ciente de que enfrentaria os mais variados impactos
ao sistema de saúde, com o surgimento
de um vírus letal, o Brasil também sabia
que os reflexos econômicos da pandemia do
coronavírus teriam uma enorme amplitude. Passado um
ano do início da situação que se instalou no mundo todo,
já é possível mensurar alguns deles.
De acordo com a análise feita na edição de dezembro do
Informe Conjuntural, produzido pela Confederação Nacional
da Indústria (CNI), o País ainda estava se recuperando
da crise que o aplacou entre 2014 e 2016, quando a necessidade
de isolamento social para conter o avanço da Covid-19
paralisou o setor produtivo em meados de abril último – momento
em que serviços, comércio e indústria experimentaram
redução brusca da demanda e restrições em sua capacidade de
operar.
A partir de maio último, as dinâmicas passaram a se diversificar: enquanto o segmento de serviços seguia como o mais afetado,
sendo o primeiro a ser impactado e o último a reabrir no
processo de flexibilização das medidas de distanciamento social;
comércio e indústria, de modo geral, iniciaram a recuperação e
retornaram rapidamente ao nível pré-pandemia – o comércio
varejista voltou ao patamar do volume de vendas antes da crise,
em junho, e a indústria de transformação, em setembro.
Apesar de ambos apresentarem recuperação, tanto no comércio
como na indústria, os avanços têm sido variados,
com setores já atuando acima do nível pré-pandemia, mas
com outros ainda abaixo desse nível.
Mudanças no padrão de consumo estão por trás das diferenças
no ritmo de recuperação, conforme aponta o Informe
Conjuntural da CNI. Enquanto a demanda por bens
de consumo não duráveis foi pouco afetada, a procura por
bens de consumo duráveis e por serviços ofertados às famílias
apresentou uma queda expressiva.

Leia mais no PDF disponível para download
Anexos

Adobe PDF | 9392 Kb

 

Caroline Martin
Especial para Revista O Papel
tel. (11) 38742725
Para procurar por publicações similares, clique
nos temas acima ou nos textos listados ao lado.
Você também pode realizar uma pesquisa
no campo superior desta página.
Você pode ainda publicar seu comentário logo abaixo, assim como mandar sua sugestão por e-mail.


Participe, deixe abaixo os seus comentários.

Ajax Indicator
Ajax Indicator

Institucional

Conheça aqui a rede de comunicação da Associação Brasileira Técnica de Celulose e Papel.

Contato

A ABTCP espera sua mensagem, seja para anunciar, enviar sugestões ou tirar dúvidas sobre nossas publicações.

O Papel | ABTCP | Todos os direitos reservados 2009