Publicação
Há mais de um ano iniciava-se uma crise totalmente
atípica impactando diretamente as economias
dos países. Por se tratar de uma pandemia, as
medidas restringiram as atividades econômicas
e sociais trazendo sérias dificuldades para que as
empresas pudessem continuar suas operações. Cada governo
passou então a assumir ou deliberar ajuda financeira, adotando
pacotes e medidas emergenciais, além do que empresas e instituições
prestaram auxílio aos colaboradores e às comunidades,
a fim de superar os desafios impostos pelo cenário atual.
Neste contexto, o International Insolvency Institute (III),
uma organização internacional sem fins lucrativos, credenciada
com agências das Nações Unidas, criou um grupo de trabalho
com seus membros com o objetivo de aprimorar internacionalmente
as práticas de reestruturação e a recuperação
de empresas em dificuldades financeiras. No Brasil, Thomas
Felsberg, sócio fundador da Felsberg Advogados, representou
o País nessas discussões, que são acompanhadas por um
profissional sênior do FMI, junto aos demais especialistas de
várias outras regiões do globo.
Um dos objetos de análise desse grupo é a situação brasileira.
Essa análise está definindo dificuldades e soluções, em comparação
com experiências, como a japonesa, a norte-americana e
outras – inclusive a do próprio FMI em vários países.
Anexos

PDF | 1990 Kb

 

Thais Santi
Jornalista Revista O Papel
tel. (11) 38742726
Esta publicação fala sobre
Para procurar por publicações similares, clique
nos temas acima ou nos textos listados ao lado.
Você também pode realizar uma pesquisa
no campo superior desta página.
Você pode ainda publicar seu comentário logo abaixo, assim como mandar sua sugestão por e-mail.


Participe, deixe abaixo os seus comentários.

Ajax Indicator
Ajax Indicator

Institucional

Conheça aqui a rede de comunicação da Associação Brasileira Técnica de Celulose e Papel.

Contato

A ABTCP espera sua mensagem, seja para anunciar, enviar sugestões ou tirar dúvidas sobre nossas publicações.

O Papel | ABTCP | Todos os direitos reservados 2009