WestRock triplica o investimento em ações de inclusão

Publicação
Por mais diversidade e equidade, WestRock triplica o investimento em ações de inclusão e pertencimento

Entre as iniciativas, treinamento de lideranças para promover a contratação intencional de mais mulheres, negros, pessoas com deficiências e LGBTQIA+.
Campinas, agosto de 2021. Já há um bom tempo, as comprovações não deixam dúvidas que aumentar a diversidade e inclusão além de ser a coisa certa a fazer, traz valor, inovação e sustentabilidade para os negócios. Desde 2015 engajada com o tema, a WestRock, empresa de soluções únicas e sustentáveis em papel e embalagens de papelão ondulado assumiu, entre seus compromissos de sustentabilidade até 2030, a meta de ampliar a representatividade de mulheres, pretos(as) e pardos(as), pessoas com deficiência e LGBTQIA+ em todos os níveis hierárquicos da empresa. 

“Estamos comprometidos em ser uma empresa na qual todas as pessoas pertencem, de forma genuína, sendo respeitadas e valorizadas, podendo fazer o seu melhor, e onde a diversidade, a inclusão e a equidade são vantagens competitivas” afirma a diretora de Recursos Humanos e Saúde da WestRock Brasil, Heloísa Lopes.

Com foco em evoluir a passos largos, a estratégia foi trazer as discussões e metas para o nível de decisões, engajando a alta liderança na condução dos grupos de trabalho que buscam, entre outras atividades, colaborar para a atração de mais talentos diversos por meio da contratação intencional, além de assegurar um ambiente de trabalho mais inclusivo com respeito a todas as diversidades.

Heloísa, explica porque é importante engajar a alta liderança para assumir esse compromisso: “Quando envolvemos a alta liderança em atividades e decisões que teoricamente são atribuídas somente à área de Recursos Humanos, potencializamos o senso de pertencimento e a mentalidade de responsabilidade compartilhada, além de entendermos ser um fator que acelera os resultados que queremos alcançar. É, sobretudo, liderar pelo exemplo”, afirma.

Para promover a evolução constante do ambiente de trabalho, cada vez mais inclusivo para os mais de 2 mil funcionários no Brasil, sob o mote  “Respeito é bom e a gente Gosta” a empresa promove eventos como lives e bate-papos periódicos com diferentes abordagens em torno da pauta – entre elas, algumas realizadas em parceria com entidades e especialistas, como os grupos Ser Antirracista e MEMOH, as consultorias CKZ, Talento Incluir e a influencer Rita Von Hunty. As ações compõem parte do incremento em investimentos da empresa para o assunto mais do que triplicou no último ano. 

Em 2020, a empresa também se tornou signatária dos Princípios de Empoderamento das Mulheres (WEPs), plataforma da ONU Mulheres e do Pacto Global da ONU, para para desenvolver programas e ações que promovam a equidade de gênero no ambiente de trabalho. E assumiu meta de, até 2030, alcançar o número de 50% de homens e 50% de mulheres na empresa, em um segmento que ainda conta com um percentual de homens significativamente maior do que mulheres. Com este desafio, este ano, a empresa comemorou uma importante conquista: a indicação ao Prêmio WEPs Brasil 2021, da ONU Mulheres.

Resultados crescentes na jornada por um ambiente mais diverso e inclusivo
Como resultado de um olhar diligente na promoção de uma empresa mais diversa, no programa de estágio 2021 WestRock, cerca de 65% das vagas foram ocupadas por mulheres e 45% por pretos(as) e pardos(as). De 2018 para 2019, a empresa praticamente dobrou o número de mulheres na operação fabril. A participação feminina nos cargos de liderança aumentou em 21% e, em 2020, empregou a primeira mulher para atuar na operação florestal – número que só cresce, contando hoje com 6 operadoras de máquinas florestais. 
Na fábrica de papel Hyperform® em Três Barras (SC), a empresa está melhorando a infraestrutura da unidade para atender o crescente número de mulheres – atualmente, já são 80 funcionárias. Na fábrica de embalagens de papelão ondulado de Pacajus (CE), a WestRock também deu início a sua primeira linha de produção 100% operada por mulheres. 

Metodologia para Evolução Estruturada e Eficiente
Para avaliar a maturidade organizacional no tema e estabelecer planos de ações coerentes com a realidade de cada diversidade, a WestRock iniciou, nesse ano, a implementação da reconhecida metodologia dos Indicadores Ethos para desenvolvimento sustentável. A expectativa é que a ferramenta impulsione, ajudando na priorização de iniciativas com maior impacto estrutural.
As ações da WestRock Brasil acompanham as metas globais da empresa que alcançou as notas máximas do Índice de Igualdade Corporativa 2021 da Human Rights Campaign (HRC) – a pesquisa de intenções sobre o tema mais importante dos Estados Unidos e o relatório que mede as políticas e práticas corporativas relacionadas à igualdade LGBTQIA+ no local de trabalho.
“Acreditamos que é necessário conhecer profundamente o nosso negócio – onde estamos e onde queremos chegar, engajar nossos líderes e nossa gente com o tema e focar em ações afirmativas para acelerarmos a transição para um ambiente de trabalho mais justo e inclusivo. Além de fazer o nosso papel enquanto empresa, é também a possibilidade de trazer mais diversidade cultural, de pensamento e de perfis para nosso ambiente de trabalho.” pontua Heloísa.


 

Esta publicação fala sobre
Para procurar por publicações similares, clique
nos temas acima ou nos textos listados ao lado.
Você também pode realizar uma pesquisa
no campo superior desta página.
Você pode ainda publicar seu comentário logo abaixo, assim como mandar sua sugestão por e-mail.


Participe, deixe abaixo os seus comentários.

Ajax Indicator
Ajax Indicator

Institucional

Conheça aqui a rede de comunicação da Associação Brasileira Técnica de Celulose e Papel.

Contato

A ABTCP espera sua mensagem, seja para anunciar, enviar sugestões ou tirar dúvidas sobre nossas publicações.

O Papel | ABTCP | Todos os direitos reservados 2009